4º dia - O Labirinto da Morte

    By using our site, you accept the use of cookies to make your visit more pleasant, to offer you advertisements and contents tailored to your interests, to allow you to share content on social networks, and to create visit statistics for website optimisation. More information

    • 4º dia - O Labirinto da Morte

      "Então, eu tinha prometido contar-vos a história deste cinturão," Nefertari começou a falar assim que os quatro ultrapassaram com sucesso a primeira armadilha e estavam a caminho da próxima.

      "Não sabemos muito sobre quem o criou. Alguns de nós acreditam que Nefertum, a divindade da cura, o ofereceu ao primeiro Faraó do Egito, e lhe inscreveu o caminho para o seu santuário. A fivela é usada para desbloquear o labirinto e retornar em segurança. Infelizmente, este tesouro foi roubado do nosso templo há séculos, mas os sacerdotes nunca perderam a esperança de encontrá-lo novamente. Durante todo este tempo, muitos sacerdotes e sacerdotisas de Sopdu entraram secretamente nas vossas terras à procura deste artefacto perdido, incluindo a minha avó, que viajou pelas estradas romanas disfarçada de cigana durante quase toda a sua vida. Tudo fora em vão, até que as mudanças recentes na diplomacia do Império encorajou o vosso amigo a planear esta aventura. Ele partilhou o segredo com alguns investigadores, e foi assim que a minha avó ficou a saber.Esta é a história."


      "É uma história realmente interessante e comovente," murmurou Lúcio, que parecia um pouco perdido com o ritmo dos eventos. Ele ouviu Nefertari com toda a sua atenção."Mas era mesmo necessário capturar-me, fazer-me um prisioneiro e então roubar o cinturão? Porque não simplesmente pedir?"


      "Quer dizer que podíamos apenas ter vindo ter contigo, e após ouvir esta história, terias dado simplesmente à minha avó o cinturão do Faraó, 'o maior dos teus tesouros' e ficaríamos por aqui?" Nefertari sorriu."Já agora, estamos quase no local que o nosso manuscrito chama de Labirinto da Morte, e como prometido, vou dizer-vos onde está o cinturão."


      "Sim, esse é o verdadeiro segredo," replicou Marco, que pouco a pouco parecia recuperar o seu espírito aventureiro."O cinturão estava contigo este tempo todo, não estava?"


      "Naturalmente," replicou Nefertari, enquanto tirava um cinturão muito familiar da sua mala de viagem.

      Marco suspirou novamente.


      Tarefa: O cinturão contém um código, que uma vez decifrado, revela o caminho seguro para o santuário. É um labirinto composto por 25 divisões com armadilhas mortais. Cada divisão pode ser visitada uma única vez, e apenas na ordem correta.Decifra o mapa e mostra o caminho correto através das divisões (podes carregar uma imagem ilustrando a tua resposta ou podes apenas responder por texto).






      TÓPICO DE DISCUSSÃO SOBRE ESTE EVENTO => wbb.forum.travian.com/thread/519559

      The post was edited 1 time, last by JL. ().

    • username: Hazelhazard
      servidor: Pt20

      resposta: cima cima direita direita direita direita cima cima

      ___ ___ ___ ___ ___
      | | | | | x |
      --------------------------
      | | | | | x |
      --------------------------
      | x | x | x | x | x |

      --------------------------

      | x | | | | |

      --------------------------

      | x | | | | |

      ---------------------------
    • Será??

      Nick: Xunicatinha
      Server: tx3.travian.pt

      JL. wrote:

      "Então, eu tinha prometido contar-vos a história deste cinturão," Nefertari começou a falar assim que os quatro ultrapassaram com sucesso a primeira armadilha e estavam a caminho da próxima.

      "Não sabemos muito sobre quem o criou. Alguns de nós acreditam que Nefertum, a divindade da cura, o ofereceu ao primeiro Faraó do Egito, e lhe inscreveu o caminho para o seu santuário. A fivela é usada para desbloquear o labirinto e retornar em segurança. Infelizmente, este tesouro foi roubado do nosso templo há séculos, mas os sacerdotes nunca perderam a esperança de encontrá-lo novamente. Durante todo este tempo, muitos sacerdotes e sacerdotisas de Sopdu entraram secretamente nas vossas terras à procura deste artefacto perdido, incluindo a minha avó, que viajou pelas estradas romanas disfarçada de cigana durante quase toda a sua vida. Tudo fora em vão, até que as mudanças recentes na diplomacia do Império encorajou o vosso amigo a planear esta aventura. Ele partilhou o segredo com alguns investigadores, e foi assim que a minha avó ficou a saber.Esta é a história."


      "É uma história realmente interessante e comovente," murmurou Lúcio, que parecia um pouco perdido com o ritmo dos eventos. Ele ouviu Nefertari com toda a sua atenção."Mas era mesmo necessário capturar-me, fazer-me um prisioneiro e então roubar o cinturão? Porque não simplesmente pedir?"


      "Quer dizer que podíamos apenas ter vindo ter contigo, e após ouvir esta história, terias dado simplesmente à minha avó o cinturão do Faraó, 'o maior dos teus tesouros' e ficaríamos por aqui?" Nefertari sorriu."Já agora, estamos quase no local que o nosso manuscrito chama de Labirinto da Morte, e como prometido, vou dizer-vos onde está o cinturão."


      "Sim, esse é o verdadeiro segredo," replicou Marco, que pouco a pouco parecia recuperar o seu espírito aventureiro."O cinturão estava contigo este tempo todo, não estava?"


      "Naturalmente," replicou Nefertari, enquanto tirava um cinturão muito familiar da sua mala de viagem.

      Marco suspirou novamente.


      Tarefa: O cinturão contém um código, que uma vez decifrado, revela o caminho seguro para o santuário. É um labirinto composto por 25 divisões com armadilhas mortais. Cada divisão pode ser visitada uma única vez, e apenas na ordem correta.Decifra o mapa e mostra o caminho correto através das divisões (podes carregar uma imagem ilustrando a tua resposta ou podes apenas responder por texto).






      TÓPICO DE DISCUSSÃO SOBRE ESTE EVENTO => wbb.forum.travian.com/thread/519559
      Images
      • Day-4.jpg

        117.23 kB, 700×482, viewed 5 times